Opnião: O Domar do guerreiro de Karen

09:35

2. O domar do Guerreiro






Sinopse: 

Ele nascera num clã de guerreiros de força sobrenatural, mas Gavrael McIllioch abandonara o seu nome e o seu castelo nas Highlands, determinado a escapar ao sombrio destino dos seus antepassados. Ocultando a sua identidade do implacável clã rival que o perseguia, adotou o nome de Grimm para proteger as pessoas de quem gostava, jurando jamais admitir o seu amor pela arrebatadora Jillian St. Clair. Contudo, mesmo de longe, ele velava por ela, e quando o seu pai o intimou com urgência, "Vem por Jillian", ele correu para o seu lado — a competir pela sua mão em casamento. 

Porque fugira ele dela há tantos anos? E para quê retornar agora para a ver oferecida como prémio no jogo manipulador de seu pai? Furiosa, Jillian jurou jamais se casar. Mas Grimm era o homem que ela amava, aquele mesmo que a incitava a desposar outro. Ele procurava simular indiferença enquanto ela o tentava, mas não pôde negar os ferozes desejos que o impeliram a arrebatá-la à força do altar. Ela era a única mulher capaz de domar a besta enraivecida dentro dele — ainda que inimigos mortais maquinassem enquanto isso para os destruir a ambos..

Opnião:

Para quem leu o livro anterior da saga já conhece Grimm, o melhor amigo de Sidheach!  
Fiquei curiosa com Grimm no primeiro livro,  achei que era encantador, bastante querido, para além de fiel e protector para com os seus. 

Ambientado no ano 1515,
neste livro, ao contrario do anteior, não existe viagens no tempos, nem fadas nem somos presenteados com as visitas de Adam Black. Desta vez Karen baseia a sua história numa lenda Celta, que nos fala sobre os Berserkers.

Gosto do facto de os protagonista já se conhecerem do passado e de terem uma história pendente para terminar.
Grimm (que em realidade se chama Gavrael), vive atormentado pelo passado
e por um segredo que que o persegue desde os seus 15 anos, uma força sobrenatutal. É esta mesma força que o leva a fugir de tudo e todos quantos lhe derão apoio e proteção. Em especial de Jillian, a filha do Laird que o acolheu quando este era um adolescente.  Ela sente uma enorme atração pelo nosso protagonista e um amor enorme. Apesar de ser insuportável é determinada e sabe o que quer. E quer Gravrael!

O nosso querido Higlander tenta a todo custo fugir do que sente, vive numa luta interna entre o que acha certo, o receio de ser regeitado por Jillian, de lhe fazer algum mal e os seus sentimentos. Mas o que ele não sabe é que ela é sua companheira sagrada e o que isso representa.


A história entre Jillian e Grimm é um "chove não molha" durante parte do livro, a atracção e química entre os dois é mais que evidente mas ele faz de tudo para que ela se afaste. Em contrapartida Jillian passa a vida a provocá-lo pois pensa que  ele sente algo por ela. Até que por fim depois de um super encontro no salão, as coisas dão uma reviravolta e por fim começa a "acção" .
A partir de então é uma viagem de descobrimentos e ajustes de contas.

Um livro com sensualidade, emoção, de fácil leitura, ao que a autora já nos vai acustumando. 


  Dou-lhe 4/5 Estrelas

Podem ver ou rever a opnião do primeiro livro aqui:

You Might Also Like

2 comentários

  1. ;o tens alguma review dele? fiquei mega curioso!

    Não conhecia mas gostei da tua opinião :D

    NEW GET THE LOOK POST | The New Way Of Being Sporty.
    InstagramFacebook Oficial PageMiguel Gouveia / Blog Pieces Of Me :D

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não tenho review dele mas farei em breve.
      beijinhos

      Eliminar

Obrigada pelo seu comentário...